MENU

Casa à prova de crianças: 8 dicas para implementar

Quem tem crianças em casa sabe que a segurança deve estar sempre em primeiro lugar.

Em tempos de isolamento, quando a casa recebe, ao mesmo tempo, as funções de lar, escola e espaço de lazer, muitos pais ampliam a sua preocupação com adaptações que devem ser feitas para proteger os pequenos em tempo integral.

Para ter uma casa à prova de crianças basta implementar algumas mudanças e acrescentar alguns itens de proteção para garantir dias tranquilos e sem acidentes.

Veja a seguir algumas destas dicas que vão ajudar a ter um lar mais seguro para os pequenos.

Crianças: 8 dicas para ter uma casa mais segura

A melhor forma de prevenir acidentes com crianças é através da supervisão constante de um adulto. O que nem sempre é possível.

Mas há como reduzir significativamente os riscos, preparando os ambientes para deixar a casa mais segura para crianças. Desta forma terão mais liberdade para explorar os ambientes de forma segura e sem preocupação para os adultos.

É natural que os mais pequenos queiram investigar móveis e equipamentos da casa. Dependendo da idade, levar os objetos à boca e abrir embalagens coloridas pode ser irresistível.

Por isso é importante pôr em prática as nossas 8 dicas para ter uma casa à prova de crianças!

1 - Objetos que devem ficar fora do alcance

Objetos pontiagudos ou cortantes, de vidro ou louça, ou muito pequenos, devem ser totalmente retirados dos ambientes.

Também é importante educar a criança para que esta entenda no que pode ou não pode mexer. E, quais são os objetos com que pode brincar.

Por exemplo, se permitir que ela mexa num carregador de telemóvel que não funciona, vai tornar-se mais difícil interiorizar que não pode brincar com outros fios. Ou que existem riscos em brincar com eletrodomésticos.

2 - Fique atento a locais a que a criança pode tentar subir

Cuidado com as prateleiras e cortinas, pois as crianças podem tentar subir e cair. O ideal é que as cortinas não cheguem até o chão, e que as prateleiras fiquem numa altura que impeça a criança de tentar subir.

3 - Evitar riscos de quedas em janelas

É importante que todas as janelas e varandas tenham grades ou fortes redes de proteção. Os pequenos podem tentar escalar uma janela e acabar gravemente magoados numa queda.

4 - Evitar riscos de choques elétricos ou enforcamento

Todos os fios de eletrodomésticos devem ser enrolados adequadamente, com organizadores de fios ou colocados calhas. Só deste modo é possível evitar riscos de choque e enforcamento. Isto também se aplica a fitas de persianas e a cortinas.

5 - Casas com escadas

Se houver escadas em casa, instale portões no topo e na base para que a criança não tente subi-la ou descê-la sozinha.

6 - Proteção extra

Instale protetores de tomadas, cantoneiras nos móveis e trancas nas portas e gavetas dos armários baixos.

Isto evita o acesso a objetos perigosos ou acidentes provocados pela mobília.

7 - Proteção na cozinha

O forno deve ficar com a tampa presa e os cabos das panelas virados para a parede.  O ideal é manter a criança fora da cozinha. Para isso, um pequeno portão pode ser útil, se não houver porta.

8 - Proteção na área da piscina

Piscinas são extremamente perigosas para crianças, e são uma das maiores causas de afogamentos acidentais.

Para proteger os pequenos é essencial isolar a piscina com uma cerca, se possível com pelo menos 1,5 m de altura. Além disso, é importante instalar uma tipologia de cerca que não possa ser escalada. O portão de acesso à área exterior deve ser trancado ou conter uma trava de segurança.

Deixar a casa mais segura permite que as crianças aproveitem o espaço da melhor maneira, reduzindo os riscos de acidentes. Adote as nossas dicas na sua casa, e tenha dias mais tranquilos na companhia dos pequenos.

O Crédito Consolidado é operação que permite juntar todos os créditos num só. Pode, e deve, incluir todos os créditos pessoais, cartões de crédito, contas ordenado, crédito automóvel e se pretender também o crédito habitação. Pode ainda pedir algum financiamento extra. Passará a possuir uma única prestação, significativamente mais baixa do que a soma de todas as prestações anteriores. Em alguns caso pode ainda haver poupança no custo final do crédito. O Crédito Consolidado é o financiamento possibilitará o reequilíbrio do seu orçamento familiar. Tem como características principais: Não ser exigido qualquer tipo de garantia; Não tem normalmente Despesas de Liquidação ou Amortização Antecipada; Tem a possibilidade de obter um crédito pessoal agregado no consolidado; Liquidação dos créditos é feita pela entidade financiadora.
LinhaValor is a registered trademark of Best Prime Solutions, Lda. ©2020.

Activated by WeLead

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.
Contraste
Fontes legíveis