MENU

7 dicas importantes a ter em conta na hora de pedir empréstimo habitação

O pedido de empréstimo habitação pode ser uma alternativa viável para concretizar o sonho de comprar uma casa própria. O primeiro passo, para que tudo dê certo, é saber o que deve ter em conta na hora de fazer a solicitação.

Antes de tudo, o ideal é que entenda e analise todo o processo realizado para a liberação da linha de crédito.

É de suma importância que o solicitante do empréstimo verifique as taxas e condições de pagamento oferecidas por bancos e instituições financeiras.

Com o intuito de auxiliar na sua solicitação de empréstimo habitação, preparamos este guia completo com as principais informações e dicas para ter seu pedido de financiamento aprovado.

7 informações cruciais que precisa conhecer ao solicitar um empréstimo habitação

Para que possa compreender melhor todo o processo de solicitação e análise do pedido de crédito, listamos 7 dicas com as informações que não pode deixar de conhecer. Acompanhe.

1 - Como funciona a análise de crédito?

Este procedimento é realizado por bancos e instituições financeiras, e tem por objetivo estudar o perfil do cliente e identificar se o mesmo possui condições de arcar com a obrigação, e se a liberação do crédito representa um risco muito grande para o banco.

Trata-se de um processo prévio para a aprovação do valor. A partir de informações básicas do cliente e do estudo sobre as suas finanças, o banco estabelece qual será o valor do pedido de crédito que será aprovado, a taxa de juros aplicada e o prazo para o pagamento.

2 - Quem pode pedir crédito habitação às instituições financeiras?

Para obter sucesso na liberação do seu crédito alguns requisitos devem ser preenchidos durante o processo de solicitação.

Um dos requisitos essenciais para conseguir o crédito está associado à idade do solicitante. A idade limite dos titulares no final do crédito, habitualmente, fixa-se nos 75 anos de idade.

No entanto, quanto mais extenso for o prazo, mais elevado será o montante total imputado ao consumidor (MTIC). O MTIC corresponde ao montante total que o cliente terá de pagar ao banco durante todo o período do empréstimo.

Assim, quanto mais velho for o solicitante, mais reduzidas serão as chances de aprovação deste financiamento.

Algumas instituições financeiras têm critérios bastante restritivos a estes perfis de cliente, pois é elevada a possibilidade do banco não obter o total pagamento deste empréstimo.

3 - Situação profissional do solicitante

Um dos critérios avaliados para a aprovação do empréstimo habitação é identificar – com segurança – se o requerente do crédito possui estabilidade financeira.

Ter uma ocupação efetiva e dispor de um bom ordenado são requisitos vistos com bons olhos pelas instituições financeiras.

Estas condições facilitam a liberação do pedido de crédito, uma vez que há grande probabilidade de o cliente arcar com as parcelas do empréstimo sem dificuldades.

4 - Precedente de crédito e garantias

Os bancos também consideram se o cliente já solicitou algum crédito anteriormente e se cumpriu com o acordado.

Isto significa que ser um bom pagador das suas obrigações é um critério fundamental que a instituição avalia, visando a liberação do empréstimo.

Outro fator analisado pelas entidades bancárias são as garantias que este potencial cliente pode oferecer em forma de pagamento. O património será avaliado, pois este servirá de garantia em caso de incumprimento por parte do contratante.

5 - O relacionamento com o banco

Dispor de uma boa relação com sua instituição financeira aumentará – e muito – a aceitação do seu pedido de empréstimo. Essa relação consiste na assiduidade de pagamentos, e compromisso em honrar as suas obrigações para com o banco.

6 - Faça uma pesquisa de mercado antes de obter seu crédito

A fim de encontrar as melhores condições para contratação do credito, é importante fazer uma pesquisa em bancos e financeiras.  Procure a melhor oferta, com a menor taxa de juros, porém se certifique da idoneidade da empresa.

Desconfie de condições muito facilitadoras, ou da cobrança antecipada de valores para liberação ou análise do empréstimo.

7 - Negocie com o banco

Mesmo que já tenha escolhido a instituição que oferece as melhores condições de contrato, ainda vale a pena negociar, especialmente se tiver em mãos outras propostas diferentes.

Vá até o banco com todas as informações na ponta da língua, e demonstre que está plenamente ciente do que pode ou não pode ser exigido durante a negociação. Isso irá te trazer maior segurança, e ajudar na hora de fechar a melhor proposta.

Agora que conhece essas dicas valiosas, realize um planeamento do seu orçamento, defina as suas prioridades, e procure as melhores condições na hora da contratação do seu empréstimo habitação.

O Crédito Consolidado é operação que permite juntar todos os créditos num só. Pode, e deve, incluir todos os créditos pessoais, cartões de crédito, contas ordenado, crédito automóvel e se pretender também o crédito habitação. Pode ainda pedir algum financiamento extra. Passará a possuir uma única prestação, significativamente mais baixa do que a soma de todas as prestações anteriores. Em alguns caso pode ainda haver poupança no custo final do crédito. O Crédito Consolidado é o financiamento possibilitará o reequilíbrio do seu orçamento familiar. Tem como características principais: Não ser exigido qualquer tipo de garantia; Não tem normalmente Despesas de Liquidação ou Amortização Antecipada; Tem a possibilidade de obter um crédito pessoal agregado no consolidado; Liquidação dos créditos é feita pela entidade financiadora.
LinhaValor is a registered trademark of Best Prime Solutions, Lda. ©2020.

Activated by WeLead

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.
Contraste
Fontes legíveis