MENU

Sabe mesmo como utilizar o cartão de crédito?

Pode à primeira vista parecer que utilizar o cartão de crédito é algo extremamente simples. Contudo, para quem vai usufruir desta forma de pagamento pela primeira vez, existem alguns pontos que devem ser tidos em consideração.

Hoje resolvemos abordar este tema. De seguida damos-lhe algumas dicas simples para tirar o melhor proveito do seu cartão de crédito. Ora continue a ler e garantimos-lhe que o cartão de crédito irá deixar de ser uma dor de cabeça para si.

Utilizar o cartão de crédito: 5 dicas simples para iniciantes

Nem sempre é simples conseguir utilizar o cartão de crédito da melhor forma. Por isso, é importante que veja as dicas que temos para si de seguida.

1 – Tenha cuidado com a sua utilização

Contrariamente ao que possa pensar, ter um cartão de crédito não é algo assim tão simples e linear. Para não sucumbir aos possíveis problemas, é necessário que tenha muito autocontrolo.

Perceba que ao pagar algo com o crédito está a utilizar dinheiro que não tem, e a par disso terá que o devolver.

Assim, antes de comprar o que quer que seja com o seu cartão de crédito, é importante que faça contas. Não se esqueça que mensalmente irá ter de pagar determinado montante de crédito + juros.

Por isso, veja se a parcela não é superior a 10% do valor que aufere mensalmente. Acredite que um cartão de crédito mal utilizado é meio caminho andado para entrar numa espiral de endividamento.

2 – Faça inúmeras comparações antes de contratar um cartão de crédito

Antes de contratar qualquer tipo de cartão de crédito, analise todas as ofertas que existem no mercado.

As taxas de juro mudam de 3 em 3 meses, e é possível que no trimestre seguinte os valores das taxas de juro estejam um pouco mais baixos (ou mais altos dependendo do estado evolutivo do mercado).

Assim o primeiro passa antes de subscrever qualquer tipo de cartão é fazer uma pesquisa relativamente às taxas de juro, e às vantagens e benefícios que esse cartão lhe pode trazer.

Se viaja com muita frequência, ter um cartão de crédito com milhas pode ser a opção certa para si. Contudo, se compra numa loja específica com frequência, ter um cartão de crédito associado à mesma pode ser a melhor opção.

É tudo uma questão de análise e de fazer contas e comparações para perceber o que é que se adequa às suas verdadeiras necessidades.

Se quiser poupar ao máximo no cartão dinheiro, saiba quais as TAN e TAEG cobradas. Elas são o verdadeiro indicativo do preço cobrado.

3 – Tenha cuidado com as opções de pagamento

Todos os cartões de crédito têm um valor mínimo de pagamento que é obrigado a fazer mensalmente.

Embora possa parecer muito apelativo ficar a pagar o empréstimo durante um período temporal maior, a verdade é que não é uma opção assim tão viável.

Ao pagar o valor mínimo pelo seu crédito, não vai estar a poupar. Muito pelo contrário. Quanto mais tempo estiver a pagar o seu empréstimo, maior vai ser o volume de juros que irá pagar.

A par disso, se tiver a possibilidade, nada melhor que tentar liquidar o seu saldo na totalidade.

4 – Atenção às taxas de juro

Contratar um cartão de crédito através de uma campanha promocional pode ser uma forma de poupar algum dinheiro (principalmente com os juros).

No entanto, é de extrema necessidade que analise corretamente a oferta que lhe é apresentada pelo banco.

Isto porque, não são raros os casos de pessoas que contratam um cartão de crédito através de determinada promoção, mas depois as taxas de juro são extremamente elevadas e o valor da anuidade é exorbitante.

Por esse motivo, olhe para todas as informações na FINE. Só dessa forma vai poder analisar verdadeiramente os valores apresentados.

5 – Verifique se tem sistema de segurança

Pode parecer algo estranho, contudo, é de extrema importância que saiba que a tecnologia EMV é essencial no seu cartão de crédito.

As mesmas foram desenvolvidas de forma a tornar as transações por cartão de crédito mais seguras e menos sujeitas a fraudes.

Mas, infelizmente ainda há cartões de crédito que não oferecem esta garantia, daí a necessidade de escolher bem. Este cartão dispõe de um chip que, tecnologicamente, torna a sua falsificação bastante difícil e dispendiosa.

E, acredite que falsificar um cartão de crédito não é assim tão complicado como possa pensar.

Agora que já sabe como utilizar o cartão de crédito, está na hora de fazer todas as suas análises de modo a perceber se está ou não apto a utilizar esta ferramenta sem se envolver em problemas de maior.

O Crédito Consolidado é operação que permite juntar todos os créditos num só. Pode, e deve, incluir todos os créditos pessoais, cartões de crédito, contas ordenado, crédito automóvel e se pretender também o crédito habitação. Pode ainda pedir algum financiamento extra. Passará a possuir uma única prestação, significativamente mais baixa do que a soma de todas as prestações anteriores. Em alguns caso pode ainda haver poupança no custo final do crédito. O Crédito Consolidado é o financiamento possibilitará o reequilíbrio do seu orçamento familiar. Tem como características principais: Não ser exigido qualquer tipo de garantia; Não tem normalmente Despesas de Liquidação ou Amortização Antecipada; Tem a possibilidade de obter um crédito pessoal agregado no consolidado; Liquidação dos créditos é feita pela entidade financiadora.
LinhaValor is a registered trademark of Best Prime Solutions, Lda. ©2020.

Activated by WeLead

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.
Contraste
Fontes legíveis